quinta-feira, 28 de julho de 2016

As Estatinas são a Causa da Queda Generalizada no Funcionamento do Cérebro!

As Estatinas são a Causa da Queda Generalizada no Funcionamento do Cérebro!


Artigo Editado por Ethan A. Huff.

Traduzido pelo Nutricionista Reinaldo José Ferreira CRN3 – 6141
reinaldonutri@gmail.com
www.suplementacaoesaude.blogspot.com.br



As doenças do cérebro estão atualmente num ritmo galopante nos Estados Unidos, e as evidências sugerem que uma classe popular de drogas farmacêuticas podem ter a maior parte da culpa. Elas são conhecidas como estatinas, e a ciência por trás mostrando como elas funcionam no corpo revela que essas drogas poderosas gradualmente degradam o cérebro, privando-o de colesterol, levando a problemas de memória, demência e outras condições semelhantes.
Em seu livro Lipitor: Ladrão de Memória (Lipitor: Thief of Memory), o Dr. Duane Graveline, MD, escreveu sobre sua experiência terrível com estatinas, e como essas drogas o levaram a sofrer dois eventos de amnésia geral transitória, bem como neuropatia crônica. O ex-astronauta e cientista aeroespacial de pesquisa médica explica como esses eventos traumáticos foram o resultado direto das estatinas alterando e destruindo seu cérebro.


Seu bom amigo Dr. David Brownstein também destacou a mecânica por trás desses danos em seu blog, apontando que as estatinas trabalham envenenando uma enzima conhecida como HMG-CoA redutase, que o corpo usa para produzir colesterol, hormônios adrenais, hormônios sexuais e proteínas da memória. A HMG-CoA redutase, também é responsável pela manutenção de energia celular, o que é necessário para todos os sistemas do corpo.
O bloqueio artificial ou de outro modo na inibição dessa enzima vital, é uma receita para o desastre total da saúde, explica o Dr. Brownstein, que é por isso que ele desaconselha qualquer um a tomar estatinas. Ele também questiona por que qualquer médico consciente iria prescrevê-las, sabendo que mais de 3,6 milhões de pessoas relataram disfunção cerebral como resultado de seu uso.
"Você não pode envenenar uma enzima fundamental ou bloquear um receptor importante por longo prazo e esperar um bom resultado ", explicou o Dr. Brownstein em seu livro, Drogas que não trabalham e terapias naturais que o fazem (Drugs That Don't Work and Natural Therapies That Do).


As Estatinas Destroem nosso Corpo e ainda não Ajudam em Nada:

Com base em milhares de entradas publicadas na U.S. Food and Drug Administration (FDA) de Eventos Adversos no banco de dados, as estatinas têm sido associados a tudo, desde perda de memória de curto prazo e desorientação à depressão crônica e demência. Esse mesmo relatório de banco de dados descreve mais de 100.000 eventos adversos também em outras áreas, que com base na taxa de notificação entre 1 e 10%, provavelmente se traduz em milhões de pessoas lesadas pelas estatinas.
Como já relatado em várias instâncias, o uso de estatinas está associado ao dano hepático, envenenamento renal, dor e degradação muscular, insuficiência cardíaca, bem como muitas outras condições de saúde. E o pior é que as estatinas nem sequer demonstrou funcionar como alegado, o que significa que elas são ineficazes e altamente destrutivas.

"Talvez pudéssemos viver com todas essas reações adversas aos medicamentos, se as estatinas reduzissem significativamente o risco de doença cardiovascular. Mas, elas não fazem isso", escreveu Dr. Brownstein em seu blog.
"As estatinas nunca mostraram convincentemente impedir um primeiro ataque cardíaco em homens e mulheres. Nos homens, o melhor dos estudos com estatina mostrou uma redução de 1 a 4% na redução do risco e prevenção de um evento cardíaco secundário. Nas mulheres, os números são ainda piores."


Isso é altamente desconcertante à luz das chamadas por parte de alguns profissionais médicos para estatinas para ser entregue como doces, ou mesmo pingar em águas de abastecimento público ao lado do flúor. Esta assim chamada "medicina" está causando estragos na saúde pública, e sem fornecer até mesmo quaisquer benefícios terapêuticos legítimos. Então, porque ainda está no mercado?
Essas drogas frequentemente causam danos musculares, cãibras musculares, fraqueza muscular, dores musculares, intolerância ao exercício (mesmo na ausência de dor e CPK elevada; uma enzima muscular), disfunção sexual, disfunção no fígado e danos nos nervos e outros problemas nos pacientes que as tomam, "adicionou Dr. Mark Hyman.
Elas também podem causar significativa injúria celular, muscular, lesão nos nervos, bem como a morte celular na ausência de sintomas.


Fontes:

http://blog.drbrownstein.com

http://www.amazon.com

http://www.drbrownstein.com

http://drhyman.com

http://www.naturalnews.com

Um comentário:

  1. Suplementos é na FAN! Compre Whey Protein, Bcaa, Termogenico, Creatina, Proteínas, Whey Protein Isolado, Aminoacidos, Hipercalorico e Suplementos. Visite nosso site. SUPLEMENTOS SP

    ResponderExcluir